P43
Territorialidade, propriedade e posse da terra
Convenors:
Ana Luísa Micaelo (University Institute of Lisbon (ISCTE-IUL))
Elisio Jossias (Eduardo Mondlane University)
Discussant:
Susana de Matos Viegas
Location:
Sala 3, P 2 (Map 26)
Start time:
11 September, 2013 at 9:30
Session slots:
3

Short abstract:

A partir da discussão do conceito de propriedade da terra, neste painel propomos um debate acerca da territorialidade e posse da terra, estimulando a reflexão sobre a diversidade contemporânea das suas formas de apropriação, uso e pertença e alargando, desta forma, o debate antropológico comparativo

Long abstract:

Tendo em conta a reformulação que o tema tem sofrido na antropologia nas últimas décadas, pretendemos problematizar teoricamente o conceito de propriedade, por um lado, porque ele tem sido associado erroneamente à ideia de propriedade privada, individual e exclusiva - omitindo assim a disputa que vai existindo em torno da sua natureza - e, por outro, dado que este conceito não tem permitido dar conta da diversidade de formas locais de apropriação, posse e legitimação do uso da terra nos mais diversos contextos. O painel está aberto à apresentação de reflexões etnográficas realizadas a partir de diversos contextos regionais, possibilitando assim o alargamento do debate comparativo. Interessa-nos debater, designadamente: a) a diversidade de modalidades de posse e ocupação da terra e as formas particulares pelas quais vários regimes de valor são articulados; b) a terra como recurso de vida, de pertença e de identidade; c) processos sociais de reivindicação de terra que impliquem a identificação ou demarcação de terras; d) mudanças que se observam nos sistemas de posse e usos da terra em decorrência de processos políticos, económicos e sociais, sejam eles de escala local, nacional ou global; e e) a apropriação dos recursos naturais e sua relação com as estratégias de subsistência, concepções de parentesco, religião ou outras