P41
Crise e mudança de modos de vida
Convenors:
Antónia Pedroso de Lima (ISCTE-IUL CRIA)
Catarina Frois (ISCTE-IUL)
Discussant:
Susana narotzky
Location:
Sala 1, P 4 (Map 26)
Start time:
9 September, 2013 at 9:30
Session slots:
3

Short abstract:

Face à crise sem precedentes que estão a passar os países 'periféricos' da Europa como se estão a adaptar as pessoas, nas suas vidas quotidianas, a este novo contexto. Que alternativas se estão a constituir? E em que medida alteram modos de vida e afectam o sistema numa perspectiva mais global?

Long abstract:

Os chamados países 'periféricos' da Europa estão a passar por uma crise sem precedentes. A estagnação económica e contenção dos serviços de bem-estar têm acelerado um processo de empobrecimento e espoliação de uma parte significativa da população. No entanto, o que sabemos sobre as maneiras em que as pessoas se estão a adaptar, nas suas vidas quotidianas, a este novo contexto? Como é que os grupos subalternos estão a enfrentar e a fazer sentido do fato de que a promessa de prosperidade individual se estar a desvanecer? Este painel convida os antropólogos para analisar as transformações actuais nos discursos e práticas de subsistência para pensar as mudanças mais amplas nas macroestruturas económicas e políticas. Convidamos a apresentação de comunicações que explorem a actual conjuntura nos seguintes ângulos: de que maneira práticas de subsistência observáveis diferem das expectativas, realizadas no passado? Que tipos de contradições se produzem e como é que as pessoas lhes atribuem sentido? Como é que essas práticas se afastam do modelo neoliberal e em que medida desafiam as análises gerais da crise? Será que essas mudanças conduzem a formas de contestação política? Que alternativas se estão a constituir? E em que medida alteram modos de vida e afectam o sistema numa perspectiva mais global?