P11
A antropologização do turismo e a turistificação da antropologia (PT/EN/ES)
Convenor:
Xerardo Pereiro (Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro)
Chair:
Prof. Dr. Agustín Santana
Discussant:
Prof. Dr. Roque Pinto
Location:
A1.11, Reitoria/Geociências (Map 10)
Start time:
11 September, 2013 at 9:30
Session slots:
3

Short abstract:

O turismo é um campo multidisciplinar, no qual a antropologia faz a diferença pelas epistemologias, teorias, métodos e técnicas em uso. A antropologia é uma das disciplinas das ciências sociais mais críticas com o turismo e das mais inovadoras na investigação turística.

Long abstract:

Pretendemos neste encontro analisar as convergências, sinergias e divergências entre antropologia e turismo, focando a atenção nos papéis e exemplos profissionais dos antropólogos do turismo em Portugal, Espanha, Brasil e outros contextos. Se antes se verificava uma relação distante e desconfiada entre antropologia e turismo, hoje em dia, os antropólogos participam cada vez mais numa antropologia do turismo enquanto o mesmo objecto de estudo impregna, em termos gerais, a própria disciplina antropológica. Tal é assim, que é estranho encontrar num território não afectado, uma ou outra forma pelo sistema turístico, ou os múltiplos problemas abordados interferidos por variáveis que implicam o consumo e o movimento ocioso das pessoas. Se a antropologia começou por ser crítica com o turismo, hoje encontra-se implicada e aplicada em minorar os efeitos não desejados provocados pelos desenvolvimentos e pela implantação de produtos turísticos, existindo já uma inserção da antropologia do turismo na mercadologia turística (análise e intervenção nos mercados turísticos). Desta forma, o turismo, inspira e desafia a antropologia, do mesmo modo que turistifica os seus objectos. Propomos como objectivo deste encontro a análise da produção de conhecimentos sobre a turistificação da antropologia (as adaptações metodológicas e epistemológicas ao objecto de estudo por parte da disciplina) e a antropologização do turismo a partir de uma pluralidade de objectos, métodos, teorias e práticas profissionais.