P50
Museus, antropologia e museologia: diálogos e contrapontos
Convenors:
Daniel Reis (Centro Nacional de Folclore e Cultura Popular/IPHAN)
Elizabete de Castro Mendonça (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro)
Location:
Auditório AA, AAUTAD (Map 27)
Start time:
9 September, 2013 at 9:30
Session slots:
2

Short abstract:

Este painel tem por objetivo reunir pesquisadores das áreas de antropologia e museologia cujas pesquisas tenham como foco os processos de inventário, classificação, guarda, usos e apropriações dos objetos que constituem as coleções etnográficas que integram os acervos e exibições em museus.

Long abstract:

Nos últimos anos é possível observar um crescente interesse dos antropólogos pelo estudo sobre os museus e coleções etnográficas. Em meio às diversas abordagens, os enfoques recaem sobre questões como os processos de expropriação, apropriação e repatriamento de objetos; seus colecionamentos e inserções em museus; estratégias de exibição; relações de força; produção de sentidos, além de outras. Tais reflexões dialogam de alguma maneira com o pensamento museológico contemporâneo e a atuação dos profissionais desta disciplina no modo de inventariar, catalogar, salvaguardar, expor e produzir conhecimento sobre - e a partir - destes objetos. Este painel tem por objetivo reunir pesquisadores das áreas de antropologia e museologia cujas pesquisas tenham como foco os processos de inventário, classificação, guarda, usos e apropriações dos objetos que constituem as coleções etnográficas que integram os acervos e exibições em museus. Parte-se da ideia de que os museus constituem-se uma zona de contato e conflitos; lugar da produção de sentidos e discursos, segundo propósitos e estratégias intencionais e específicas.