P12
Expressões artísticas urbanas: etnografia e criatividade (PT/ES/EN/FR)
Convenors:
Renata Goncalves (Universidade Federal Fluminense - Rio de Janeiro - Brasil)
Otávio Raposo (University Institute of Lisbon (ISCTE-IUL))
Lígia Ferro (ISCTE-IUL)
Discussant:
Marina Antunes, Filipe Reis
Location:
Auditório 2, Reitoria/Geociências (Map 10)
Start time:
11 September, 2013 at 9:30
Session slots:
3

Short abstract:

Pretendemos partilhar estratégias e experiências de pesquisa que enfoquem e problematizem as artes em espaços urbanos diversos. Privilegiaremos o contraponto entre a criatividade do pesquisador e as várias abordagens metodológicas por ela suscitada.

Long abstract:

As expressões artísticas nas suas dimensões sonoras, plásticas, visuais e performativas configuram uma rica área de investigação etnográfica na produção antropológica atual. Pretendemos partilhar estratégias e experiências de pesquisa problematizando as artes em espaços urbanos diversos. Privilegiaremos o contraponto entre a criatividade teórica do pesquisador e as abordagens metodológicas por ele suscitadas como, por exemplo, a etnografia multissituada, a etnografia de fluxos e a produção audiovisual. Também pretendemos debater como as múltiplas expressões artísticas produzem identidades e dão suporte a culturas juvenis, por vezes subvertendo as dinâmicas de segregação urbana, do racismo, da pobreza e da violência. De modo criativo, o nosso interesse é problematizar expressões artísticas e estilos de vida, intervenções urbanas, estratégias e modelos de exibição da arte, dilemas entre espaços institucionais e espaços públicos, interações, dinâmicas e fluxos de grupos e pessoas em eventos culturais e festivos. Buscamos refletir sobre a linguagem artística nas suas múltiplas perspetivas, cujas marcas e inscrições não se esgotam dentro e fora do edificado urbano (instituições culturais, galerias de arte, festas, ruas, muros e becos), mas adornam corpos (dreadlocks, roupas customizadas, piercings e tatuagens), valorizam a pertença ao grupo (crews, gangues, galeras, posses), promovem novos projetos de vida e exprimem modos de viver a cidade.